Arquivo do dia: 21/10/2009

Por que os animais de Fernando de Noronha não sentem medo dos humanos?

Há três anos eu e minha esposa Cláudia visitamos um lugar paradisíaco, Fernando de Noronha. Quando tiver oportunidade, gostaria de passar mais uns dez dias por lá. Abaixo podemos admirar alguns dos cartões postais, o Morro Dois Irmãos e a Baía dos Porcos.

Morro Dois Irmãos

Morro Dois Irmãos

Baía dos Porcos

Baía dos Porcos

Não vou falar neste post sobre como chegar, o que fazer, onde se hospedar ou comer. Escreverei sobre o que mais me chamou a atenção neste santuário da natureza: a convivência harmônica entre os animais e os seres humanos.

Diferente do que se vê em outros Parques Nacionais, é muito raro encontrar lixo nas trilhas. As placas que proíbem o acesso são respeitadas por todos os turistas. Os peixes, tartarugas, golfinhos e demais animais marinhos não são molestados pelos mergulhadores. As fotos abaixo mostram um peixe azul e uma arraia nadando em água rasas indiferentes à minha presença.

Peixe Azul

Peixe Azul

Arraia

Arraia

Deixei o mais incrível para o final. Assistam ao vídeo abaixo. Ele foi feito pela Cláudia durante um mergulho. A tartaruga demonstra curiosidade ou, sabendo que não havia risco, resolveu apenas se exibir para a câmera.

Saímos de lá com a certeza de que se pode conviver em total harmonia com a natureza sem depredá-la, respeitando todos os animais. Infelizmente parece que quando voltamos para a “civilização” gradativamente esquecemos estes valores.

Se você não conhece Fernando de Noronha, programe suas próximas férias. É um uso excelente daquelas milhas do Programa Smiles.

Anúncios

4 Comentários

Arquivado em Animais, Lazer, Meio Ambiente, Turismo